domingo, 4 de maio de 2014

Meus amores e um poema de Mário Quintana.



No fim tu hás de ver que as coisas mais leves são as únicas

que o vento não conseguiu levar:
um estribilho antigo
um carinho no momento preciso
o folhear de um livro de poemas
o cheiro que tinha um dia o próprio vento...

Mario Quintana



Esses são os amores de minha vida!! Há alguns anos atras. São as coisas que nem a ventania mais forte é capaz de levar. Amo vocês com toda força que existe dentro de mim!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário